Skip to content

SLOW MEDICINE: O TEMPO COMO PARTE ESSENCIAL DA ABORDAGEM MÉDICA

Em meio aos desafios da rotina médica, a falta de tempo tem sido, cada vez mais, um fator a ser questionado e trabalhado. Para ilustrar essa realidade, imagine:

Em uma semana muito atarefada, sua agenda estava cheia. Você recebeu diversos pacientes pela primeira vez, mas não conseguiu dedicar a atenção necessária a cada um. São casos novos, isolados, e quase sempre repletos de dúvidas de ambas as partes. Em pouco tempo, você já nem lembra do nome de quem atendeu, e muito menos de qual era a queixa levada ao consultório. Com essa rotina se repetindo, você percebe que não fidelizou os clientes, não estabeleceu uma relação de confiança e sequer conseguiu dar andamento aos casos. Daí em diante, nota que está sempre conhecendo um cliente novo, mas ele quase nunca volta.

Parece um cenário familiar?  E você já parou para pensar no impacto que ele tem nos resultados do seu negócio?

O QUE É SLOW MEDICINE?

A “medicina sem pressa” (em tradução livre), é uma filosofia de prática médica que compreende o tempo como um fator essencial para a boa abordagem assistencial. Ela parte do pressuposto de que a escuta ativa, cuidadosa e respeitosa é a chave para criar laços e estimular uma melhor experiência de atendimento.

Diante da plena compreensão do que o paciente precisa, o médico consegue entender tudo que está por trás da consulta: o histórico de vida do cliente, seus hábitos, dores, anseios, vivências, dúvidas e riscos. Levantados esses aspectos, pode então examiná-lo e montar um plano de ação mais assertivo.

DEZ PRINCÍPIOS DA SLOW MEDICINE

– TEMPO:
uma boa tomada de decisão está ligada ao tempo dedicado para ouvir, entender, refletir e escolher.
– INDIVIDUALIZAÇÃO: o foco da atenção está em cada paciente, com um cuidado personalizado e cada vez menos generalista.
– AUTONOMIA E AUTOCUIDADO: as decisões, muitas vezes, são compartilhadas. Deve-se levar em consideração os valores, preferências e anseios do paciente, amigos e familiares.
– SAÚDE POSITIVA: você precisa estimular a qualidade de vida, com foco na saúde e no bem-estar, e não na doença.
– PREVENÇÃO: deve-se instigar a reflexão constante sobre os hábitos de vida saudáveis.
– QUALIDADE DE VIDA: deve-se observar o que o paciente precisa naquele momento. A quantidade de ações está em segundo plano.
– MEDICINA INTEGRATIVA: é possível aliar a medicina tradicional e a complementar, baseada em evidências. O objetivo é dar segurança, com equilíbrio e harmonia.
– SEGURANÇA EM PRIMEIRO LUGAR: não se pode, nunca, abrir mão do bem-estar do paciente.
– PAIXÃO E COMPAIXÃO: o cuidado deve ser, cada vez mais, humanizado.
– USO PARCIMONIOSO DA TECNOLOGIA: os recursos modernos devem estar à disposição do médico para fazer o bem ao paciente, sempre na medida certa.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DA SLOW MEDICINE?

Quando o paciente deixa o consultório, ele sabe que não está sozinho, que será acompanhado de perto, e que pode contar com o apoio de um profissional que cuida com excelência e sabe o que faz.

É importante ressaltar que a Slow Medicine beneficia, ainda, um atendimento cada vez mais ético, responsável e multidisciplinar, que entrega ao paciente o respeito merecido e os recursos necessários para viver bem.

Para o médico, os efeitos também são observados na prática. O elo criado estimula a confiabilidade, credibilidade, fidelização e autoridade em saúde. No dia a dia, isso se transforma em um maior número de consultas efetivas, diminuição de custos assistenciais, menor índice de erros médicos e menor percentual de glosas.

E para que você possa se dedicar melhor ao cuidado com o paciente, o AnClinic se encarrega de resolver as burocracias que tomam o seu tempo. Somos uma solução digital intuitiva que reúne diversas funcionalidades em uma única plataforma.

Com o AnClinic a sua clínica ou consultório pode contar com agendamento on-line de consultas, serviço de confirmação, prontuário eletrônico, gestão de faturamento e relatórios financeiros, telemedicina, armazenamento de dados na nuvem e muito mais. Tudo isso com praticidade e o melhor custo-benefício do mercado.

Faça um TESTE GRATUITO e descomplique a sua rotina. Dê ao paciente a atenção diferenciada que ele merece.

Postagens Relacionadas
imagem blog

O que a minha clínica precisa para começar a usar a telemedicina?

Economia, agilidade e modernização: estes são alguns dos benefícios que a telemedicina pode trazer para a sua clínica. O recurso permite a expansão dos atendimentos, o aumento das especialidades clínicas
imagem blog

Você sabia que agendamentos on-line são MENOS cancelados?

O cancelamento de consultas é uma das principais preocupações dos médicos e serviços de saúde. Mas, o que poucas pessoas sabem é que essa dor de cabeça pode ser evitada!
imagem blog

Com a telemedicina, a oftalmologia fica mais acessível

A oftalmologia é uma das especialidades médicas mais procuradas pelos brasileiros quando o objetivo é fazer consultas de acompanhamento e exames de rotina. E existe uma explicação pra isso! A

Nenhum comentário ainda, adicione logo abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.